5 Dicas Básicas de Importação De Produtos Da China: Entenda A Que Ficar Atento

A China é um dos parceiros comerciais mais importantes do Brasil, na verdade, ele está no número 1 dessa lista. De lá é possível importar desde aço até eletrônicos e por isso tem ganhado muita popularidade entre os importadores brasileiros.

Separamos os principais parceiros comerciais do nosso país na lista a seguir para te ajudar a entender quais são as localidades com boas possibilidades de negócios. Logicamente tudo depende do seu ramo de atuação,porém vale conferir.

Mas, voltando ao assunto principal, separamos 5 dicas básicas que podem te ajudar no processo de importação da China. Vale ressaltar que essas dicas também podem ser aplicadas às demais localidades citadas nesse texto.

)s principais parceiros comerciais do brasil

Ano passado (2017) o Brasil movimentou quase 11 bilhões de dólares em importações. Desse valor, cerca de 90% foi diretamente dos nossos principais parceiros comerciais.

Nossas principais fontes são:

  • China;
  • Estados Unidos;
  • Argentina;
  • Alemanha;
  • Coreia do Sul;
  • França;
  • México;
  • Japão, dentre outros.

Mas apesar de todas essas opções, os produtos Chineses são velhos conhecidos de toda a população. A China vem dominando o mundo no que diz respeito a exportação e o Brasil não fica atrás. O país sem dúvida domina as exportações para o Brasil e isso pode trazer benefícios para empresários que desejam importar da região. Porém, vale ficar atento às dicas a seguir para qualquer país que deseja importar.

5 dicas básicas para te ajudar a importar produtos da China

Importar produtos do outro lado do mundo não é tão diferente de importar dos nossos companheiros de fronteira: existem processos, tributos,prazos, entre outras coisas. Mas, vale ficar atento em alguns pontos:

  1. Conheça bem seus fornecedores

Talvez esse seja o ponto principal dessa lista. É importante conhecer o fornecedor do produto que você visa importar assim como a sua reputação. Procure por referências e não esqueça de solicitar amostras antes de fazer um grande pedido.

Para te ajudar temos um texto interessante no blog sobre como selecionar fornecedores externos e um sobre alternativas para o pagamento de amostras. Vale conferir.

Outra dica interessante é conhecer fornecedores em feiras segmentadas ou genéricas. Existe pelo menos uma para cada segmento, elas podem ser encontradas no Brasil e também na China. A Canton Fair, é um exemplo de feira na China que une diversos segmentos e é bem genérica. Caso você tenha um foco bem definido, vale pesquisar a melhor opção para o seu ramo específico. A prática nos diz que as feiras específicas tem melhores oportunidades de negócios.

  • Habilite-se no RADAR e outros procedimentos de comércio exterior

Já cometamos aqui no blog sobre o passo a passo de começar a importar e exportar. Esse E-book reúne os principais procedimentos para deixara sua empresa pronta para iniciar o processo de importação.

  • Nomenclatura Comum do Mercosul (NCM)

O NCM é um número que deve constar no conhecimento de embarque, e se desejar, na Fatura Comercial (uma espécie de nota fiscal para importações). Usando esse número, é possível fazer simulações da incidência de impostos sobre a mercadoria diretamente no Siscomex ou no site da Receita Federal. Ele é fundamental pois estará presente em todas as notas fiscais emitidas.

Temos 2 conteúdos interessantes que podem te ajudar nesse processo. Um deles é o que é NCM e qual a sua importância e também disponibilizamos um caso real de escolha de NCM para te ajudar.

  • Fique atento aos impostos

Após entender a melhor NCM para o seu caso, fica mais fácil conseguir calcular os impostos de sua importação. No texto: Entenda quais são os impostos de importação, explicamos com profundidade essa questão. Mas, para adiantar segue os principais:

  • Imposto de Importação (II);
  • Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI);
  • ICMS;
  • PIS/Pasep;
  • Taxas Portuárias; dentre outros que podem ser aplicados.
  • Conte com um profissional qualificado

Importar produtos da China não é necessariamente uma tarefa simples, sendo assim, para evitar erros e possíveis sansões, contar com assessoria especializada fará toda a diferença para que você fique tranquilo por todo o processo.

Você tem algumas opções que podem te ajudar, no texto: Importação de produtos: Entenda quem são os profissionais que podem te ajudar, explicamos quais são os serviços disponíveis no segmento.

Agora que está preparado basta começar! Conte como tem sido sua experiência!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *