Alternativas Para Controle de Estoque: Dicas Para Te Ajudar A Otimizar Recursos

A otimização de cada âmbito e ponto de nosso empreendimento é fundamental para que haja eficiência e diminuição de riscos. Um ponto fundamental para a otimização máxima é o bom aproveitamento controle de estoque. Sem dúvidas esse é um ponto fundamental para quem tem como atividade de negócio a importação de produtos.

Ter um controle de estoque impecável é mais que necessário para empreendedores, ainda mais, os que trabalham primordialmente com importações e exportações. Como material em estoque implica necessariamente capital investido, ter estoque parado é ter dinheiro parado, que poderia estar sendo muito melhor investido em outros pontos.

Fazer um estoque eficiente, portanto, não somente é interessante para evitar prejuízos, mas pode também significar lucros à sua empresa. Por isso, separamos algumas dicas que podem te ajudar.

MECANISMOS ALTERNATIVOS PARA ESTOQUE DE ITENS

Encontrar alternativas que fogem ao convencional para otimizar nossos ganhos é o que norteia as empresas mais bem sucedidas. Siga esse caminho com as dicas abaixo:

  • Controle frequente: Organização é um ponto essencial para as empresas. Para melhorar o processo de gestão de estoque, o primeiro passo sempre é contabilizar todos os itens já estocados, a fim de ter conhecimento geral. Outro ponto importante é organização de maneira visível. Dessa maneira fica simples entender o que precisa ser reposto.

Além disso, é importante ter controle direto eestipular métricas de entrada e saída. Essas informações devem estar sempre atualizadas e de fácil acesso.

  • Planejamento: A partir de sua análise, faça um planejamento bem estruturado. Essa é uma parte de extrema importância na gestão do estoque. Lembre de fundamentar seu planejamento em – produtos de maior e menor giro; tempo de demora para os fornecedores entregarem itens; prazo de validade dos itens (se aplicável), entre outras variáveis.

Essa ação pode te ajudar a ter melhor noção de frequência de compras e sazonalidade;

  • Escolha fornecedores atentamente: É importante escolher fornecedores que consigam cumprir seu planejamento de compras. Dessa maneira você evita uma quebra de estoque.

Vale lembrar que isso também inclui fornecedores que trabalham no seu processo de importação e transporte. Esses fornecedores devem estar aptos a atender suas demandas;

  • Armazenagem e logística ajustadas: Dentro desse contexto é importante escolher portos e aeroportos que possuam a melhor logística referente ao armazenamento e fácil acesso. Procure os portos e aeroportos que vestem melhor seu negócio em questões de proximidade e otimização dos serviços de transporte e estoque.
  • Dica Extra: O regime de entreposto aduaneiro é uma espécie de estoque que fica alfandegado. Nesse caso a empresa pode nacionalizar a mercadoria na medida que precisar dos produtos. Vale consultar seu agente de carga se essa opção pode servir para o seu caso.

Organização Em Primeiro Lugar

Organização, pesquisa e planejamento são itens indispensáveis para o melhor aproveitamento de estoque de seu empreendimento de importação. Criar um cronograma para fazer levantamentos de estoque, vendas, investimentos e afins é muito bom na hora de garantir que todo o planejamento da empresa está sendo atualizado no dia a dia.

Procure criar datas para esses ciclos organizacionais e evite perder seus investimentos por negligência. Além disso, confira os números de sua empresa e estoque diariamente, dessa maneira você consegue entender plenamente a saúde do seu negócio e estará preparado caso aconteça alguma eventualidade.

Se precisar de mais dicas a respeito do tema, deixe um comentário!

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *