Capital de investimento: Dicas para conseguir capital para seu negócio de importação

Um fator primordial para um negócio que dependa de importação é sem dúvida o capital de investimento. É comum que o empreendedor tenha que investir um valor considerável para conseguir importar o produto para revenda no Brasil. Pense que geralmente se paga o fornecedor adiantado, principalmente se for uma relação comercial recente, e todo o valor da nacionalização também, onde os impostos são a despesa mais relevante.

Já comentamos no blog anteriormente sobre Dicas de Financiamento para Importações e dedicamos um texto só para explicar sobre o Finimp um dos financiamentos mais comuns disponíveis. Porém existem outras possibilidades de Acesso a Capital, vamos lista-las aqui para te ajudar.

Quais as possibilidades de gerar Recursos Financeiros?

Existem algumas possibilidades de gerar recursos financeiros para negócios. O mercado brasileiro conta com possibilidades mais tradicionais como Bancos e até mesmo fundos de investimentos, investidores anjo ou aceleradoras.

Por vezes essas podem ser opções distantes da realidade de quem está começando ou estruturando um novo ramo de atividade em sua empresa. Porém, se tiver um bom plano de negócio e acreditar no seu empreendimento existem grandes possibilidades de conseguir.

Vamos explicar brevemente como cada um funciona.

  1. Bancos

Sem dúvida essa é uma das maneiras mais tradicionais de conseguir o capital que precisa. Como comentamos anteriormente no texto existem opções de financiamento para importações como o Finimp que podem te ajudar.

Se você é uma empresa pequena ou tem uma ideia interessante prepare uma boa apresentação e crie um modelo de negócio antes de consultar sua instituição financeira. O modelo de negócio será sua principal ferramenta de argumentação e atrativo para seu negócio.  Também trouxemos uma dica interessante para estruturar seu modelo de negócio aqui no blog. Quanto mais preparado estiver melhor será as possibilidades de encontrar uma solução com seu gerente.

Essa dica vale para empresas maiores também. Dividir seus planos de crescimento e projeções pode ser uma ótima estratégia para conseguir o capital que busca. Fique sempre muito atento com os juros que o Banco irá cobrar e entenda se realente vale a pena.

  • Fundos de Investimento

O fundo de investimento é um tipo de aplicação formado pela união de várias pessoas, que investem o seu dinheiro em conjunto. A investimento é dividido por meio de cotas.

Com isso, o investidor é chamado de cotista e tem um número de cotas no fundo equivalente ao quanto ele investiu. Dessa forma, quem mais investiu no fundo, garante uma porcentagem maior sobre ele.

A dica para conseguir esse tipo de investimento não é diferente da do banco. Ou seja, faça um plano de negócio e tenha consciência de como esse dinheiro será investido no seu negócio.

A diferença é que o banco vai cobrar juros e o investidor vai pegar parte da sua empresa como remuneração. Pegar dinheiro de alguém de fora é para aqueles momentos em que você realmente precisa dele para crescer. Se deseja um investimento de 200 mil com um investidor para usar isso para crescer, vai precisar lucrar mais de 200 mil.

  • Investidores Anjo

Pode ser considerado como um tipo de fundo de investimento. Tratam-se de pessoas físicas que juntaram algum patrimônio ao longo da vida e querem investir em outros negócios e empreendedores. Eles também investem e te ajudam a tomar decisões.

Normalmente são pessoas que tem alguma experiência prévia no ramo de atuação de sua empresa. E como comentado anteriormente esperam alguma participação em sua empresa. Os investimentos podem girar em torno de 30, 50, 100 mil reais.

  • Aceleradoras

São organizações que fornecem mais do que o investimento financeiro. Normalmente oferecem capacitação, espaço de trabalho (coworking, mentoria, treinamento, etc.), além de algum dinheiro para sua empresa continuar crescendo.

Nesse caso usualmente o dinheiro está atrelado a uma participação no seu negócio. Por isso, vale entender bem quais são os trade-offs na negociação.

Resumindo

Atualmente existem algumas opções para conseguir o capital de investimento para a importação que sua empresa precisa. Porém você precisa estar bem preparado como empreendedor. Crie um plano de negócio e acima de tudo acredita em sua ideia.

Fique atento aos trade-offs que essas opções te trarão. Seja o valor dos juros no caso dos bancos ou até mesmo a participação em sua empresa. Entenda se está preparado para encarar esses desafios.

Esperamos ter ajudado! Deixe um comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *