Diferenças entre trabalho remoto, híbrido e presencial

Ainda não conseguiu filtrar essas informações? Ainda parece um pouco confuso? Vamos tirar as dúvidas de uma vez por todas!

Principais diferenças entre as modalidades

O trabalho remoto é o adotado pela maior parte das empresas durante o ano de 2020. Modelo que permite que o colaborador trabalhe de sua casa, dessa forma barateando muitos dos custos para a empresa e aumentando o conforto e autonomia do colaborador.

Alguns problemas surgem ao adotar esse modelo. A ausência da convivência do trabalho resulta em uma distância e dificuldade em resolver problemas de forma efetiva e a exploração do colaborar também existe aos montes por ele sempre estar perto do trabalho que está no escritório em sua casa.

Outro grande problema é justamente o escritório em casa. Alguns não possuem condições de trabalhar em casa por diversos motivos, como equipamento, espaço e ambiente adequado.

O trabalho híbrido surge como uma resposta para os problemas do trabalho remoto e presencial, pegando o melhor de cada um e misturando. O trabalho híbrido requer que o colaborador vá ao escritório presencial algumas vezes na semana, mas que possa trabalhar de casa também. Assim, a jornada dupla pega os benefícios dos dois e os problemas dos dois na metade. Se tornando um modelo equilibrado.

O trabalho presencial é o modo pré-pandemia de trabalhar que existe até hoje, mas foi atropelado pelos outros modos. Alguns trabalhos só podem acontecer com o presencial, por isso ainda existe até hoje. Problemas grandes vem com o presencial, como custo altíssimo de manutenção pela empresa e pelos colaboradores que precisam se locomover e atuar em um espaço específico.

O que ter em mente quando escolher

É necessário ter total conhecimento da própria empresa e dos colaboradores, do serviço e dos clientes para saber ao certo qual escolher. E lembrar, que toda mudança requer dinheiro, então é sempre recomendado começar com um estilo e seguir com ele, assim, criando uma cultura organizacional ao mesmo tempo.

Caso haja a necessidade ou o interesse de mudar o modelo de trabalho, é preciso manter em mente que é necessário muita paciência e comunicação, ou esse processo pode acabar sendo danoso e custoso.

É preciso ter disciplina e autoconhecimento em todas as modalidades

O ideal é tentar fornecer aos seus colaboradores opções. As pessoas tem ritmo e dinâmicas diferentes de trabalho, pode ser que algumas e pessoas se adaptem muito bem ao trabalho híbrido e outras tenham dificuldade de foco e concentração.

Identifique quais funções em sua organização não necessitam obrigatoriamente de presencialidade e quais são fundamentais. Normalmente trabalhos administrativos tem a vantagem de poderem ser desenvolvidos em qualquer lugar, trabalhos industriais dificultam a possibilidade de localidade.

Para empresas que trabalham com importação e exportação muitos processos estão sendo digitalizados o que permite com que a organização possa ter flexibilidade para lidar com diferentes formas de trabalho.

Desenvolver uma dinâmica com modalidades diferentes de trabalho pode fornecer oportunidades de redução de custos. Principalmente em manutenção, uma vez que a limpeza, equipamentos, entre outros serão menos demandados pela diminuição do fluxo de pessoas.

Nesse ponto também pode ser estudada a mudança de localidade para um escritório menor ou um coworking, por exemplo. Estude sua operação e entenda quais possibilidades podem fazer sentido para o seu negócio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.