Planejamento estratégico

Para administrar um negócio estável e que esteja preparado para as oscilações do mercado, é essencial apostar na criação de um planejamento estratégico. Trata-se de um método infalível para empresas que desejam obter sucesso no seu ramo de atuação.

Afinal, apenas tendo em mente de maneira muito clara onde se quer chegar é que o empresário e a sua equipe conseguem atingir metas e objetivos. E esse planejamento oferece justamente esse benefício, entre outros.

Empresas que operam com importações e exportações devem estar ainda mais atentas à importância do planejamento estratégico. Isso acontece porque, embora seja um ramo muito lucrativo, também exige alto nível de organização e conhecimento do mercado.

Portanto, se você tem interesse no assunto e quer aprender mais continue com a leitura deste artigo. E confira as informações pertinentes dos tópicos a seguir.

  • O que é planejamento estratégico
  • Como ele pode ser relevante para empresários
  • Qual a importância para quem importa e exporta

O que é planejamento estratégico

O planejamento estratégico é uma ferramenta fundamental para todos os segmentos de mercado, independente do porte da empresa. Com ele, os gestores e a sua equipe definem metas e objetivos, de modo a contribuir com o adequado posicionamento do negócio no setor ao qual pertence.

Quando esse planejamento é realizado de maneira apropriada, tem potencial para orientar todas as decisões dentro da organização, inclusive, as que fazem parte do dia a dia. Isso acontece porque ele permite que aos envolvidos trabalharem de forma alinhada com a missão da empresa.

A partir disso, consegue-se determinar orçamentos para cada tarefa, treinar de forma eficiente a equipe e executar demais atividades ligadas ao operacional do negócio. Quanto à criação do planejamento estratégico, o indicado é que um número maior de colaboradores faça parte disso.

Ou ao menos que haja a representação de todos os departamentos, assim, é possível criar um plano que englobe a organização como um todo, sem deixar de lado nenhum setor. Esse trabalho colaborativo permite ainda um entendimento mais amplo da empresa.

Além disso, recomenda-se que seja revisto com alguma periodicidade, que pode ser anual, semestral ou até mesmo mais frequente, o que vai depender do fluxo de atividades de cada negócio. E mais, o planejamento estratégico pode sofrer ajustes sempre que necessário.

Como ele pode ser relevante para empresários

A importância do planejamento estratégico está estreitamente ligada ao modo que ele é desenvolvido dentro da empresa. Ou seja, o primeiro passo consiste em determinar a sua missão, o que é essencial para que tanto gestores quanto colaboradores saibam o que deve ser feito.

Junto a isso, o planejamento exige a definição de metas e objetivos. Vale lembrar que as metas devem ser alcançadas em um curto ou médio prazo e que juntas integrem o objetivo da empresa, que está relacionado a sua missão.

Uma empresa que exporta produtos, por exemplo, pode ter como missão ser a principal empresa exportadora do país no seu segmento de mercado em cinco anos. Para chegar a isso, deve atingir objetivos, como aumentar as vendas para o exterior de forma gradativa ao longo dos próximos anos.

Para tanto, é preciso também definir metas, como obter um número X de novos compradores de outros países todos os anos. Por mais que os profissionais da sua empresa saibam que a empresa deseja aumentar as suas vendas, é preciso deixar bem clara a estratégia de ação.

Outra razão para fazer um planejamento estratégico é definir prazos e orçamentos para atingir cada meta, bem como determinar os responsáveis de cada atividade. Desse modo, mais um benefício do planejamento estratégico é organizar a rotina da equipe para que se torne mais eficiente.

Além disso, é necessário conhecer muito bem o mercado em que a sua empresa atua, o que significa identificar quem são os clientes em potencial e os principais concorrentes. Obter esse conhecimento é também uma vantagem do planejamento estratégico.

E com essas informações torna-se mais fácil desenvolver ações assertivas para conquistar novos clientes, fidelizar quem já conhece o seu produto e, por consequência, aumentar a sua participação no seu segmento de mercado.

Qual a importância para quem importa e exporta

Como ocorre em todos os tipos de negócio, o planejamento estratégico é um instrumento de grande valor para as empresas que importam e exportam. Além dos benefícios já citados, como conhecer melhor o ramo no qual atua e assim aumentar as vendas, há demais vantagens.

No setor das importações e exportações, que se mostra mais competitivo a cada ano, é de extrema importância estar bem preparado para todas as possibilidades. Afinal, é um segmento que depende também da economia dos países com os quais se negocia.

Assim, é fundamental conhecer não apenas o mercado brasileiro, como o internacional. Outro ponto importante é incluir no planejamento estratégico a questão da logística, que é considerada um dos principais desafios dos empresários que operam com o comércio exterior.

Porém, mesmo com um planejamento estratégico assertivo, é adequado que importadores e exportadores tenham o apoio de empresas especializadas em comércio exterior. Elas podem oferecer toda a orientação necessária para que o seu negócio se torne cada vez mais lucrativo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.