5 Dicas Para te Ajudar no Momento de Investir na sua Importação

Já nos deparamos com uma imensidade de análises sobre processos de importação. Empreendedores com visão começam a estudar a possibilidade de importar como oportunidade de melhora de custos ou encontrar produtos inovadores, e isso normalmente é um processo intenso com muitas variáveis.

A questão que iremos abordar nesse post é o salto de fé que todo empreendedor precisa dar depois que todas as análises foram feitas. A verdade é que mesmo com todos os estudos de importação feitos e a comprovação de margem de lucro com o processo, muitos empreendedores são vencidos pelo medo e decidem não se arriscar.

O momento do investimento parece na verdade um salto de fé. Por um lado é mesmo, porém separamos 5 dicas que podem te ajudar a tornar esse salto mais consciente.

  • Negocie com os Fornecedores

No texto: Qual a Importância do Inconterm para Minha Importação? comentamos brevemente sobre a importância da negociação com seus fornecedores externos. É fundamental entender bem o que ele propõe em sua negociação, pois simples detalhes como até onde ele se responsabiliza a entregar seu produto podem acarretar custos maiores para você.

Por isso, no processo de negociação tenha mais de uma opção de fornecedor e estude muito bem os pros e contras das duas empresas. Se surgir dúvidas com relação aos custos do processo de importação procure um especialista. Vimos muitos casos de graves aumentos de custos por simples falta de atenção ou entendimento no momento de fechar o negócio. Em breve dedicaremos um texto sobre desenvolvimento de fornecedores que pode ajudar nessa questão.

  • Estude muito bem os números

Entenda bem qual será o real valor de investimento de todo o processo de importação. Depois é importante cruzar com o valor de venda final e analisar sua margem de lucros e o tempo de retorno.

Lembre-se de pesquisar bem seu público alvo para entender primeiro se existe maior demanda para esse tipo de produto. Caso os números parecerem atrativos você tem o primeiro passo para começar a importar.

  • Estude possibilidades de incentivos fiscais

Dependendo do tipo de produto que você deseja importar podem existir incentivos fiscais que podem ser interessantes. Para alguns setores como o fabril e o automotivo, por exemplo, existem algumas opções que podem ser benéficas. Vale estudar e entender se alguma existe alguma opção para o seu caso.

  • Estude possibilidade de financiamentos

Outra opção é entender qual a possibilidade de conseguir um financiamento para sua importação. O FINIMP (Financiamento à Importação) poderia ser uma opção, trata-se de operações de crédito destinadas ao financiamento de importações de produtos e serviços.

Faremos um texto só sobre financiamento em breve. Porém enquanto isso, vale estudar essa oportunidade

  • Arrisque, se você não acreditar no seu negócio ninguém irá acreditar!

No fundo você pode estudar todos os cenários, mas se não estiver pronto para arriscar nada irá adiantar. Tomar um novo passo nos negócios nunca é fácil, mas quando feito com consciência as chances dos resultados serem positivos são muito maiores.

No fundo todo empreendedor tem que tomar riscos, se não provavelmente teria escolhido outra profissão. Por isso, acredite no seu negócio, erga as mangas e aposte no potencial do seu negócio!

Fez sentido para você? Já passou por um desses momentos de tudo ou nada? Conte para a gente!

One thought on “5 Dicas Para te Ajudar no Momento de Investir na sua Importação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.