Como priorizar investimentos para o novo ano

Para que uma indústria possa crescer no mercado, fazer investimentos é fundamental. A expansão de um empreendimento passa, necessariamente, por novas aquisições, aumento no número de vendas e diversificação das atividades, serviços e produtos.

Mas como fazer investimentos da forma correta? Reinvestir no negócio é preciso, mas fazer isso de maneira assertiva é ainda mais importante. Pensando nisso, separamos algumas dicas que vão te ajudar na tomada de decisão.

  1. Faça uma relação de equipamentos e outras questões da indústria e escritório que estão obsoletos

O primeiro passo para fazer investimentos é analisar a situação atual da sua indústria. Um levantamento de todos os equipamentos e ativos obsoletos ajuda a compreender quais são as necessidades mais urgentes.

Quando a indústria está desatualizada, utilizando recursos que não são condizentes com a realidade do mercado, volume de demanda ou exigências legais, por exemplo, a perda de produtividade é notável.

Por isso, os investimentos devem ser priorizados justamente para áreas e setores chave da empresa. O levantamento fornece as bases para que ações concretas sejam pensadas, voltadas para corrigir eventuais problemas e modernizar a indústria.

  1. Faça uma pesquisa de mercado para entender qual investimento necessário para cada item de sua lista

Com a sua lista de necessidades em mãos, está na hora de analisar quais são as soluções que o mercado oferece. Muitas vezes existem no mercado mais de um equipamento ou recurso que pode ser empregado.

No entanto, esses equipamentos e recursos podem variar muito e em diferentes aspectos. Preço, qualidade, desempenho, custo de manutenção, facilidade de operação e durabilidade são alguns dos pontos a serem analisados.

O ideal é não fazer nenhum investimento de forma impensada, sem antes analisar se o mercado não oferece nenhuma outra alternativa que seja mais viável para a sua indústria.

  1. Estude possibilidade de parcerias ou descontos

Investimentos na área industrial podem custar consideravelmente caro. Uma das melhores maneiras de minimizar os efeitos negativos dos investimentos na saúde financeira do seu negócio é buscar parcerias de mercado e descontos.

Existem muitos players atuando no mercado dispostos a contribuir para que novos investimentos sejam realizados na sua indústria.

Vale a pena escutar propostas e analisar ofertas, buscando sempre por acordos que sejam lucrativos e que tragam benefícios mútuos.

  1. Veja quais investimentos estão mais alinhados com o seu planejamento e metas anuais

Será que esse investimento está dentro do que foi planejado para o ano de atividades? O custo está compatível com o orçamento disponível? Fazer esse investimento não afetará em outras ações da sua indústria para o período?

Essas são algumas perguntas que ajudam a determinar se esse é o melhor momento para fazer determinado investimento. Faça uma análise que leve em consideração o seu planejamento anual, para verificar a viabilidade do investimento.

  1. Avalie a possibilidade de importação de recursos ou maquinário para produção

Pesquise a possiblidade de importação de matéria prima ou maquinário para produção interna. Essas podem ser estratégias interessantes para seu negócio, existem incentivos para importação de maquinário, por exemplo, que podem viabilizar uma visão de médio ou longo prazo para sua empresa.

Converse com seu agente de carga para entender todos os custos ou solicite uma pesquisa de mercado para entender melhor possíveis fornecedores. Caso precise de ajuda entre em contato conosco, a Venus Cargo tem experiência com esse tipo de solução.

  1. Estude o ROI de cada investimento

Um dos parâmetros essenciais para definir se um investimento deve ou não ser feito é calcular o seu retorno sobre investimento (ROI).

Essa é uma métrica que ajuda empresários a entenderem quanto vão ganhar ao tomarem uma decisão.

Para calcular o ROI de cada investimento, subtraia da receita gerada pelo investimento o custo desse investimento. Depois, divida o resultado pelo custo e multiplique por 100.

Por exemplo, se o investimento pode gerar uma receita de 10 mil e possui custo de 2 mil, teríamos a seguinte fórmula: ROI = 10000 – 2000 ÷ 2000 × 100.

O resultado, nesse caso, seria 400%. Ou seja, o investimento em questão apresenta quatrocentos porcento de retorno.

Seguindo as dicas acima você será capaz de priorizar os seus investimentos, tomando as melhores decisões para a modernização da sua indústria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.