Como transformar sua empresa em um polo de inovação

Ser uma empresa inovadora tem se tornado um diferencial de mercado cada vez mais necessário para manter a competitividade em meio à concorrência. Esse cenário está presente nos mais diversos setores da economia, inclusive, nos negócios que operam com importações e exportações.

Se você tem interesse no assunto e quer saber como transformar sua empresa em um polo de inovação continue com a leitura deste artigo e confira as informações e dicas presentes nos tópicos a seguir:

  • O que é inovação no mundo do empreendedorismo
  • Como implementar uma cultura de inovação
  • Dicas para sua empresa se tornar inovadora

O que é inovação no mundo do empreendedorismo

Ter um empreendimento inovador significa desenvolver algo diferente, pode ser tanto um produto ou serviço que é distinto de todos os outros do mesmo ramo quanto à forma que ele é oferecido para os seus clientes. Por isso, inovação é um termo bastante amplo e não existe uma única receita.

De acordo com o seu segmento de mercado, empresas podem inovar de uma imensa variedade de maneiras. A inovação pode ser uma simples melhoria em um produto ou serviço, a fim de agregar valor a ele ou para proporcionar mais facilidade para o público consumidor.

Ou pode significar uma grande mudança no jeito que algo é realizado, tornando-se único no mercado. Para empresas do comércio exterior, se transformar em uma marca disruptiva é uma estratégia que tem potencial de contribuir com o seu destaque entre os concorrentes.

No entanto, ser um empreendimento inovador não significa apenas ter um produto novo ou vendê-lo de um jeito diferente. Mas sim, contar com uma cultura organizacional voltada para a inovação. Caso contrário, a inovação em um negócio não se sustenta.

Como implementar uma cultura de inovação

Para começar a inovar, a empresa deve implementar uma cultura de inovação, que consiste em mudar o seu sistema de trabalho, de modo a incluir na estrutura do empreendimento os caminhos para que seja possível inovar. Ou seja, trata-se de uma mudança profunda, inclusive, de mentalidade.

E para saber como a sua empresa pode investir nesse diferencial, confira a seguir o passo a passo para implementar a cultura da inovação no seu negócio.

  • Entenda o objetivo do negócio

O primeiro passo consiste em entender os objetivos da empresa. Por mais que pareça óbvio, antes de qualquer mudança dentro da organização é preciso que todos os envolvidos saibam o seu propósito, bem como tenham noção da onde o negócio está, ou seja, em que situação se encontra.

Afinal, só compreendendo o seu posicionamento atual dentro do mercado é possível determinar onde se quer chegar. Se todos os envolvidos tiverem essas informações com clareza na mente o processo se torna muito mais eficiente.

  • Compreenda a cultura de inovação

O segundo passo para implementar uma cultura de inovação consiste em entender o que isso significa. Como já dito, inovar não é apenas criar algo diferente, mas também fazê-lo de maneira nova, bem como pensar de modo inovador.

O pensar de forma diferente do usual pode ser a parte mais desafiadora do procedimento, pois exige que se quebrem padrões que há muito estão enraizados na cultura organizacional.

  • Envolva todos os colaboradores

Para um negócio se tornar inovador de verdade, é preciso envolver todos os colaboradores no processo, mesmo que de forma indireta, conforme o tamanho da empresa. Se for inviável reunir todos eles, é possível formar pequenos grupos com um representante, que participe do processo de implementação.

Da mesma forma, todos os envolvidos devem compreender os objetivos da empresa, o que é a cultura de inovação, porque se quer implementá-la, como o processo vai ocorrer, etc. Os protagonistas da implementação devem estar no mesmo pé de igualdade.

  • Desenvolva procedimentos para inovar

A partir do momento que o grupo responsável pela implementação de uma nova cultura organizacional estiver a par das informações necessárias, já é possível começar a pensar em maneiras de colocar em prática a inovação.

Para tanto, é preciso criar procedimentos, isto é, canais por onde a inovação vai passar de uma simples ideia até se concretizar. O mote de cultura de inovação prevê que todos os colaboradores possam contribuir com ideias, por isso, é necessário criar caminhos pelos quais eles possam compartilhá-las.

Deve-se ainda desenvolver protocolos para que as ideias sejam avaliadas e quando aprovadas colocadas em prática. Depois dessas definições, a dica é começar com uma fase de testes.

  • Acompanhe os resultados e faça ajustes

Depois de implementar, é importante acompanhar os resultados, para que posteriormente seja verificado se algo deve ser ajustado ou mesmo mudado.

É normal se os resultados não aparecem logo em seguida, pois se trata de uma mudança profunda. E por isso mesmo recomenda-se ainda que a implementação ocorra de modo gradativo.

Dicas para sua empresa se tornar inovadora

Para agilizar a implementação da cultura de inovação na sua empresa e vislumbrar resultados mais rápidos, algumas dicas podem ser úteis. Entre elas, evitar ações que engessem a inovação, como criar procedimentos muito burocráticos.

Excesso de hierarquias também prejudica a implementação, sendo importante que os colaboradores tenham certa autonomia, o que estimula a participação com ideias inovadores. Da mesma forma, a diretoria deve ser acessível e realmente estar interessada nessa mudança.

Isso porque inovar é permitir que os colaboradores contribuam com ideias e as implementem por meio de projetos. Afinal, em muitos segmentos de mercado, eles são os que melhor entendem as necessidades do cliente, lembrando que inovar é também focar nas dores do seu público-alvo.

Outra dica é estar preparado para adaptar ou modificar o que for necessário frente a oportunidades e falhas. Assim, negócios que inovam devem ter agilidade para tomaram decisões de forma dinâmica. E claro, não pode haver a punição pelo erro, eles devem servir como aprendizado.

Par empresas importadoras uma dica interessante pode ser ficar atendo ao mercado externo para antecipar possíveis inovações que podem ser replicadas no Brasil. Para exportadores, o inverso pode ser verdadeiro, por que não oferecer alguma facilidade interna para outros países. Lembrando que inovação pode estar presente em qualquer parte do processo, você pode inovar no atendimento ao cliente ou até mesmo em como presta um serviço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.