Controle financeiro para empresas de importação e exportação

Sabia que o controle financeiro é indispensável para empresas que realizam operações de importação e exportação?

Conhecer a saúde financeira da empresa, saber quanto dinheiro está disponível em caixa e traçar estratégias voltadas para melhorar os resultados é a chave para fazer o negócio crescer.

Além disso, para habilitação no famoso Radar Ilimitado, a Receita Federal se baseia na capacidade financeira da empresa para fazer sua análise e conceder ou não tal habilitação.

Nesse artigo vamos comentar um pouco sobre o assunto, mostrando como você pode fazer o controle financeiro da sua empresa de forma simples.

O que é o controle financeiro?

O controle financeiro consiste em analisar a situação financeira da empresa, por meio de relatórios. Fluxo de caixa, entradas e saídas, gastos, capital de giro, liquidez e investimentos são alguns dos elementos a serem considerados no controle financeiro.

A importância do controle financeiro

Empresas de importação e exportação que realizam o controle financeiro são capazes de atuar no mercado com muito mais segurança e previsibilidade.

Por meio desse controle, os gestores e empreendedores podem tomar decisões mais compatíveis com a realidade do empreendimento.

Isso porque o controle financeiro permite prever despesas e receitas futuras, com base nos indicadores de períodos anteriores. Também é possível identificar o melhor momento para expandir as atividades ou até mesmo limitar o volume de operações.

Um dos elementos mais importantes do controle financeiro para importadores é o capital de giro. Geralmente os pagamentos das importações são realizados de forma antecipada. Já as vendas após a nacionalização dos produtos são geralmente faturadas.

Existem exceções, em que os exportadores concedem prazo para o pagamento. Mas na maioria dos casos, especialmente no caso da China, os pagamentos são antecipados, mesmo em se tratando de importadores já experientes em operações internacionais.

Na prática isso significa que os importadores devem conhecer esse intervalo entre a compra e a venda. O controle financeiro ajuda a saber quanto a empresa precisa ter em caixa para manter suas atividades até a finalização das vendas no mercado interno.

Com um bom planejamento prévio a empresa consegue também buscar melhores opções no mercado para levantar os recursos necessários.

Elaboração de planilhas de custos para empresas de importação e exportação

Uma das melhores estratégias para realizar o controle financeiro em uma empresa de importação ou exportação é elaborar planilhas de custos.

Essas planilhas têm por objetivo determinar a viabilidade de uma importação. Ou seja, se a operação é realmente vantajosa para a empresa, com base em uma série de fatores.

Na planilha, para determinar o preço do produto a ser comercializado no mercado interno é preciso fazer a soma do preço do produto antes do embarque com uma série de outros custos que são agregados à mercadoria durante o processo.

Esses custos são o frete internacional, o seguro de transporte, o imposto de importação, o imposto sobre produtos industrializados, as contribuições (PIS, PASEP e COFINS), ICMS, taxas, despesas bancárias e qualquer outro que influencie no preço da mercadoria.

Além desses fatores, para determinar a viabilidade da importação é necessário analisar o mercado em que os produtos serão inseridos. A oferta e a demanda são ótimos indicadores para entender se a mercadoria será comercializada com tranquilidade no mercado interno.

Resumindo

O controle financeiro para empresas de importação e exportação é importante para que decisões mais assertivas sejam tomadas. Conhecer profundamente a saúde financeira do seu negócio te ajudará a maximizar seus resultados em operações internacionais.

Leve em consideração nossas dicas de cálculo para avaliar a viabilidade de sua importação. Caso precise de ajuda para entender se suas estimativas estão corretas, você pode entrar em contato com um agente de carga como a Venus Cargo.

Lembre-se que a saúde financeira de sua empresa é fundamental para manter a longevidade do negócio. Rever dados e indicadores com periodicidade e sempre pesquisar novos fornecedores podem ser caminhos interessantes para te ajudar com novas estratégias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *