Perspectivas de taxa de câmbio para 2020

Para antecipar aspectos relevantes do mercado é importante observar as tendências para a taxa de câmbio. A variação das moedas estrangeiras no Brasil, especialmente o dólar americano, tende a gerar impactos profundos em operações como importação, exportação e diversas outras.

Nesse artigo abordaremos algumas das principais perspectivas de taxa de câmbio para o ano de 2020. Dessa forma você será capaz de se preparar para o novo cenário, preparando medidas e estratégias para alcançar os melhores resultados para sua empresa.

O que é taxa de câmbio

A taxa de câmbio diz respeito ao preço de uma moeda estrangeira, tendo como parâmetro unidades da moeda nacional. Em outras palavras, é a relação entre a moeda nacional e a moeda estrangeira, de forma comparativa.

Ao mesmo tempo em que o Real brasileiro é mais valorizado cambialmente do que o Peso Argentino (R$1 equivale a 14,72 pesos argentinos), em comparação com o dólar a situação é de desvalorização para o Real (R$1 equivale a 0,25 dólares americanos).

Ou seja, são necessários mais de 4 reais para comprar um dólar americano. Quanto mais elevado o valor de uma moeda estrangeira no país, maior a dificuldade para a realização de operações no exterior.

A taxa de câmbio pode ser fixa, flutuante ou atrelada. É considerada fixa quando determinada pela autoridade cambial de um país, que no Brasil seria o Banco Central, por exemplo.

Quando a taxa de câmbio é determinada pelo mercado, com base em fatores como oferta e procura, é chamada flutuante.

No Brasil, já tivemos câmbio fixo, logo que foi implementado o plano Real, mas desde 1999 temos um câmbio flutuante “sujo”, ou seja, oscila de acordo com oferta e demanda do mercado, porém tem eventuais intervenções do Banco Central.

Existe também a taxa de câmbio atrelada, que sofre a interferência do governo apenas para a manutenção do equilíbrio. Ou seja, o mercado regula o câmbio, cabendo ao estado interferir apenas para manter a taxa de câmbio de uma moeda dentro de certos limites.

Quais são as expectativas para 2020

Uma das maiores expectativas cambiais para o ano de 2020 diz respeito ao valor do dólar. A moeda americana apresentou rápido crescimento nos últimos meses, como resultado de agitações no mercado exterior.

A máxima histórica de R$4,19 foi atingida, gerando muita especulação sobre o futuro do câmbio brasileiro. O aumento no valor da moeda americana é decorrente de fatores internos e externos, como a política brasileira e a guerra cambial entre Estados Unidos e China.

No entanto, as estimativas sugerem um dólar contido para o próximo ano. De acordo com o Relatório de Mercado Focus, o valor do dólar ficará dentro dos R$4,00. O sobe e desce do dólar é considerado normal, tendo em vista o aumento da oferta ou da demanda da moeda.

Ao mesmo tempo, um relatório divulgado pela Maersk, maior transportadora marítima de contêineres do mundo, aponta uma dificuldade para a recuperação do comércio exterior brasileiro.

O fundamento está na desaceleração da economia global, aliada a um atraso na aprovação de reformas no Brasil, somado a redução do consumo.

Como programar as suas importações para o próximo ano

Mesmo existindo projeções sobre a situação cambial no Brasil, é preciso considerar que o mercado exterior está passando constantemente por transformações. Os riscos cambiais sempre existem, tendo em vista os diversos fatores que podem influenciar no valor de uma moeda no território nacional.

Por isso mesmo, para programar suas importações para o próximo ano é fundamental seguir algumas orientações. Existem algumas medidas simples que podem te ajudar a fechar negócios muito mais lucrativos, sem depender apenas da taxa de câmbio.

Dicas para a importação em 2020

Uma das principais dicas é fazer o controle de estoque. Dessa forma você será capaz de identificar o melhor momento para importar, de acordo com as suas necessidades. Demorar demais para importar pode gerar atrasos.

Ao mesmo tempo, importar cedo demais pode sobrecarregar o seu estoque, o que também não é desejável. Faça o controle de estoque para tomar decisões mais assertivas e evitar contratempos.

Outra dica importante é avaliar com cuidado os prazos dos fornecedores. As suas compras devem ser realizadas levando-se em consideração o tempo necessário para que a operação seja finalizada, desde a compra até o recebimento das mercadorias.

E se você não quer se preocupar com a taxa de câmbio, pode realizar contratos de compra de dólar futuro. Esse tipo de contratação é interessante na medida em que garante um valor determinado para o câmbio no momento da transação.

Como você pode ver, as perspectivas para a taxa de câmbio em 2020 são variadas. Elas devem ser tomadas apenas como projeções, tendo em vista que a situação cambial pode mudar de acordo com a dinâmica do mercado global e nacional.

O planejamento de compras é uma das melhores estratégias para estar um passo à frente, evitando sofrer os efeitos negativos do aumento da taxa cambial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *