Custo da ociosidade na industria: Entenda o que é e como reduzir

O custo da ociosidade na indústria pode ser grande e, por isto, a administração dos setores financeiros é muito importante, desenvolvendo dessa forma os recursos econômicos destes negócios.

Dessa forma, é preciso manter todos os equipamentos e funções em pleno funcionamento, para que não entrem em ociosidade e acabam prejudicando os negócios e o desenvolvimento das finanças.

Veja a seguir o que é ociosidade na indústria e como reduzir isto no dia a dia de seus negócios.

O que significa ociosidade na indústria?

A ociosidade na indústria é quando toda a capacidade da empresa não está sendo utilizada como deveria, deixando que os recursos disponíveis sejam desperdiçados.

Isto tudo gera gastos para a empresa pois, os custos ociosos podem interferir no funcionamento e na capacidade produtiva. Existe uma grande diferença entre os produtos ociosos e aquilo que realmente está sendo produzido e isto pode ser causado por:

  • Deficiência na mão de obra empresarial;
  • Equipamentos industriais com mal funcionamento;
  • Falta de matérias primas para desenvolver os produtos finais;
  • Demanda de pedidos muito baixa.

Dessa forma, a ociosidade na indústria significa que as atividades dentro da empresa que não estão sendo realizadas dentro das especificações e isto pode gerar custos sem que sejam trazidos retornos financeiros.

Como é possível acabar com a ociosidade na indústria?

O objetivo dos administradores financeiros das empresas é acabar de uma vez por todas com a ociosidade na indústria, diminuindo dessa forma, os gastos empresariais que não trazem retornos lucrativos.

Veja como é possível acabar com a ociosidade na indústria:

  • Programar a manutenção dos equipamentos

Ao programar a manutenção dos equipamentos, é possível evitar com que eles sofram algum dano causado pelo seu uso constante, reduzindo gastos com novos equipamentos.

Dessa forma, é preciso desenvolver uma data padronizada, para que os equipamentos sejam avaliados periodicamente.

  • Administração do estoque

Administrar o estoque e entender quais são os produtos que estão sendo mais utilizados, é muito importante. Pois, dessa forma, é possível compreender o fluxo de estoque, evitando que aconteça a perda de produtos.

  • Investir em um sistema eficiente de gestão

Investir em um sistema de gestão interna eficiente é preciso, para compreender como anda o funcionamento dos setores empresariais.

Dessa forma, fica ainda mais fácil avaliar quais são as necessidades da empresa, evitando que aconteça a ociosidade na indústria.

Sistemas de gestão interna contam com uma tecnologia capacitada para trabalhar o desempenho do funcionamento e orientar a equipe de colaboradores de forma correta, facilitando seu trabalho.

Como o comércio exterior pode ajudar com esse processo?

Uma das frentes importantes para esse processo pode ser entender quais benefícios que um processo de importação pode trazer para o se negócio.

Para indústrias, por exemplo, pode ser interessante estudar a oportunidade de otimizar meios de produção com novos maquinários ou até mesmo peças especificas que precisam de reposição frequente. A importação pode economizar custos no médio e longo prazo.

O mesmo pode valer para quem consegue ter boa visibilidade de estoque. Você pode estudar a importação direta de produtos com maior saída ou programar sazonalidade.

Consulte seu agente de caga para entender melhor custos e oportunidades externas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.