Dicas para formação de preços de venda em casos de importação

Uma das etapas mais importantes no processo de importação é a formação de preços. Você sabe como definir o valor monetário da sua mercadoria para distribuir ao seu público consumidor? Nesse artigo vamos dar algumas dicas sobre formação de preços.

O que significa formação de preços

A formação de preços é uma etapa anterior à venda. A definição é simples: colocar preço em alguma coisa. No entanto, a precificação não pode ser feita com base em achismos.

Diversos fatores devem ser considerados, para que o preço escolhido seja suficiente para garantir a viabilidade do negócio. Afinal de contas, um dos principais objetivos de qualquer empreendimento é a obtenção de lucro.

O preço de uma mercadoria importada deve ser suficiente para cobrir os custos que estiveram envolvidos na cadeia de obtenção da mercadoria. Por isso, o importador deve saber exatamente quanto custou a sua importação, para definir o preço de venda.

Para que você seja capaz de precificar melhor a sua mercadoria, separamos algumas dicas simples, mas eficientes. Descubra como funciona a formação de preços na prática.

Analise os custos envolvidos

O primeiro passo para definir o preço de venda de uma mercadoria é analisar o seu custo. Todo produto tende a gerar despesas para uma empresa, principalmente quando é produto de importação.

Os custos podem ser vários, incluindo o valor negociado com o exportador, no país de origem, as despesas com o transporte e armazenamento. Também devem ser computados os custos administrativos e tributários, como os impostos. Além disso o custo financeiro é uma fator menos obvio mas muito relevante, pois na importação sempre há a necessidade de investimento financeiro antecipado – seja para pagar produtos ou para a nacionalização.

Em se tratando de importações, você deve saber o custo exato de uma mercadoria depois do seu ingresso no território nacional. Por isso as despesas devem ser computadas ao longo de toda a cadeia produtiva.

Ao definir o custo de uma mercadoria, você será capaz de estabelecer um valor de mercado mínimo, suficiente para evitar que a sua transação gere prejuízos. No entanto, conforme veremos, o preço deve incluir uma margem de lucro.

Defina a margem de lucro

A margem de lucro é o percentual que a sua empresa deseja ganhar em cada transação realizada no mercado. Porém, só existe lucro quando o preço de venda é superior ao custo da mercadoria.

No momento de definir a margem de lucro, o empreendedor deve se atentar para uma série de questões. Uma delas é a expectativa do público consumidor e o seu poder aquisitivo.

Outro aspecto relevante é a concorrência. Se o mercado oferece produtos similares, com preços baixos, a sua mercadoria deve ser comercializada dentro dos padrões, para garantir a competitividade.

No entanto, vale a pena destacar que o preço de venda varia de acordo com a qualidade, diferenciais e posicionamento da empresa. Se o seu produto é destacado, poderá ser comercializado com margem de lucro elevada, ainda que existam outros players no mesmo segmento oferecendo preços menores.

Mais impostos

Após ter apurado o custo de entrada e a margem de lucro, quando vender, você terá que emitir uma Nota Fiscal de venda para seus clientes. Neste momento, fique atento aos impostos de saída que você pagará na emissão desta Nota Fiscal – alguns fatores muito importantes a se observar são: quem é o cliente (pessoa física ou jurídica), em que estado (UF) está localizado, ele tem ou não inscrição estadual, qual regime tributário sua empresa trabalha, entre outros.

Faça pesquisa de mercado

A pesquisa de mercado é essencial antes da fixação do preço de venda da sua mercadoria. É o mercado que te dará as informações e o contexto necessários para construir o seu próprio preço.

Durante essa etapa da precificação, analise os seus clientes em potencial, suas necessidades, demandas e expectativas. Além disso, avalie a concorrência, os preços praticados por empresas que atuam no mesmo segmento e os resultados que elas estão alcançando.

Seguindo essas dicas você será capaz de estabelecer um preço de venda capaz de garantir a lucratividade em suas operações. Além disso, permitirá que o seu negócio continue competindo de igual para igual no mercado, conquistando cada vez mais clientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *