Inteligência Artificial e o Comércio Exterior

A inteligência artificial ou simplesmente IA já é uma realidade em praticamente todos os segmentos de mercado. No entanto, existe muito ainda para ser feito e desenvolvido. E entre as áreas que já se beneficiam e podem crescer ainda mais com essa tecnologia está o comércio exterior.

Mas você sabe o que é a inteligência artificial, como funciona e como impacta o mercado, inclusive, as operações de importação e exportação? Então, para entender mais a respeito desse assunto continue com a leitura deste artigo. E confira as informações presentes nos tópicos a seguir.

  • O que é a Inteligência Artificial
  • Quais são as vantagens para as empresas
  • Como a inteligência artificial impacta o comércio exterior

O que é a Inteligência Artificial

A inteligência artificial basicamente consiste em fazer com que máquinas ou softwares de computador simulem a inteligência humana. Para tanto, são criados os algoritmos, que funcionam como instruções que devem ser processadas por supercomputadores.

Eles são mais potentes e possuem uma capacidade de processamento muito maior do que os demais. Isso é necessário para que se reúna um grande número de informações, as quais permitem que a IA consiga responder a diversas situações, bem como tomar decisões de maneira autônoma.

Ou seja, esse imenso número de informações serve para criar padrões e assim permitir que a inteligência artificial ofereça respostas adequadas para cada um dos estímulos que receber. Além disso, a IA aprende à medida que acessa mais dados, permitindo a sua evolução.

Para tanto, é preciso que se faça uso de outras tecnologias, como o aprendizado de máquina, também conhecido como machine learning e o Big Data. Enquanto o primeiro faz com que a IA aprenda a partir de suas experiências, o segundo trata-se do grande volume de dados necessário.

Quais são as vantagens para as empresas

Como é de se imaginar, a inteligência artificial oferece uma série de vantagens para diferentes segmentos de mercado. Entre elas, está a possibilidade de automatizar processos, com muito mais precisão do que é possível obter através da intervenção humana.

Assim, erros e falhas são reduzidos, tornando o processo produtivo mais eficiente. Além disso, a IA oferece alta velocidade, o que faz com que realize tarefas bem mais rápido do que uma pessoa. Por consequência, a tomada de decisão é mais ágil e, mais uma vez, ganha-se em produtividade.

Outro benefício de aplicar a inteligência artificial nas empresas é a possibilidade de contar com atividades que acontecem sem interrupção. Claro, para que isso seja possível, assim como se tenha acesso às demais vantagens, é preciso contar com o equipamento apropriado.

A segurança é também um grande benefício proporcionado pela nova tecnologia. Tanto em relação à segurança dos dados quanto no que diz respeito a execução de tarefas perigosas. Nesse caso, máquinas e softwares são muito mais resistentes.

Mas o que talvez seja a principal vantagem e, por isso, o grande diferencial da IA é o fato de oferecer previsibilidade. Ou seja, devido ao número de informações que consegue armazenar e processar, a inteligência artificial faz previsões, aumentando a competitividade da empresa.

Pode ser em relação ao comportamento de compra do público consumidor ou em descobrir o resultado de um determinado processo produtivo que ainda está só no papel. Assim, com essa tecnologia, é possível antecipar ocorrências e potencializar capacidades.

Como a inteligência artificial impacta o comércio exterior

O comércio exterior é um ramo da economia que já está se beneficiando com a inteligência artificial e que ainda pode ser muito mais impactado de forma positiva. A automação dos processos, por exemplo, é uma realidade, e torna as operações de importação e exportação mais dinâmicas e seguras.

No entanto, esse é apenas um passo da IA. Com o adequado uso dessa tecnologia, empresas do segmento podem ter acesso a dados mais estruturados, bem como prever demandas e realizar o abastecimento sem que haja interrupções.

Além de ser mais assertivo na hora de comercializar produtos, é possível reduzir despesas e desperdícios. Ou seja, tudo isso se traduz em maior lucro e competitividade. Outra vantagem é a possibilidade de detectar fraudes nas transações.

Com a inteligência artificial, os países podem até mesmo realizarem acordos internacionais mais seguros, que ajudem a combater a falta de informação.

Da mesma forma, a IA permite identificar os melhores fornecedores e os contratos mais atrativos, assim como analisar dados que orientem as melhores escolhas. Pode ser interessante mapear o que existe de IA para cada mercado e fazer as ligações

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.